Webmail

 


Últimas Notícias

XIV Seminário Nacional de Prevenção ao HIV e Assembleia da Pastoral da Aids
18/10 09:47
 

O XIV Seminário Nacional de Prevenção ao HIV, ocorreu de 14 a 16 de outubro, no Auditório Dom Helder Câmara da Escola Superior de Teologia e Espiritualidade Franciscana, em Porto Alegre/RS. Cerca de 90 agentes da Pastoral da Aids de todo o Brasil com representação de 20 estados brasileiros participaram do evento, promovido pela Pastoral da Aids, com o apoio da Casa Fonte Colombo – Centro de Promoção da Pessoa Soropositiva – HIV e da ESTEF, ambas instituições mantidas pela Ordem dos Frades Menores Capuchinhos do Rio Grande do Sul.

Na abertura, o assessor da Pastoral da Aids, Frei Luiz Carlos Lunardi conduziu sua fala em torno de “Um contexto em mudança”, seguida pela palestra É possível ampliar o campo da prevenção? com o secretário executivo da Pastoral da Aids, Frei José Bernardi.

No sábado, Osman Bernardi, agente da Pastoral e mestre em sociologia, falou sobre A Pastoral e suas ações. Rubens Duda, técnico do Departamento de Aids da Prefeitura de São Paulo, apresentou comentários aos dados apresentados. Na parte da tarde, os representantes da Assessoria de Comunicação do Departamento de DST, Aids e HV do Ministério da Saúde, Renato Oliveira e Salete Barbosa, apresentaram a proposta da Campanha para o Dia Mundial de luta contra aids, em parceria com a Pastoral da Aids.

Foi discutido e elaborado o Plano Pastoral 2017-2019 através de grupos de trabalho e plenária para aprovação do mesmo. O dia foi encerrado com a eleição e posse da nova coordenação da Pastoral da Aids. A partir de 2017 a Secretaria Nacional passa ter sede no Rio de Janeiro.

No domingo, Dom Eugênio Rixen, bispo presidente da Pastoral, aprofundou sobre “Quais agentes precisamos para uma Pastoral em saída?”

Segundo Frei José Bernardi, este é um evento que acontece anualmente sobre os desafios que a epidemia apresenta no campo da prevenção. Ele acredita que “enquanto há novas infecções, ainda temos necessidade de respostas novas e de novas estratégias para evitar que o contágio continue”. Por reunir diversas lideranças, ele acredita que “é uma oportunidade para animar as equipes que se dedicam em todo o Brasil e incentivar práticas promissoras”. “O evento deste ano é importante também, porque estabelece as linhas de ação da igreja no campo da aids para o próximo triênio”, acrescenta.

Para Frei Luiz Carlos Lunardi, assessor da Pastoral da Aids, o seminário trouxe novamente a preocupação da prevenção e quer conscientizar e comprometer os agentes no engajamento e na disseminação de informação correta e segura para a prevenção. O momento também foi de integração, celebração e compromisso para as equipes de pastoral espalhadas nas dioceses do Brasil. O seminário reafirmou aos agentes da pastoral, lideranças do movimento social e gestores que estavam presentes, que ainda se faz necessário investir na prevenção e que precisamos urgentemente dialogar - gestão, sociedade civil, serviços e sociedade - na busca de unidade e consenso para um eficaz enfrentamento do HIV e da Aids”.

Fonte: Margô Segat, adaptado por Cristiane Saraiva Marins
Foto: Renato Oliveira

Autor: Cristiane Saraiva Marins
  


 


 

 

 

 

Imprimir

 

 
    
 

Pastoral de DST/AIDS - CNBB® - Todos os direitos reservados - Simples.NET