Webmail

 


Últimas Notícias

VIGÍLIA PELOS MORTOS DE AIDS 2018
16/05 02:35
 

No dia 20 de maio de 2018 (Terceiro domingo) celebramos 35º Memorial Internacional de Luzes de Velas da AIDS. No Brasil, este evento é também organizado pela Pastoral da Aids – CNBB denominado “Vigília pelos Mortos de Aids” que reafirma neste ano “tantas vidas não podem se perder” em várias celebrações litúrgicas e demais atos públicos espalhados pelas federações. Trata-se de um momento histórico para lembrar os amigos e familiares que perdemos e aumentar a conscientização sobre o HIV, transformando a saudade em atitudes de solidariedade e cuidado à vida, "Refletindo sobre nosso passado, cuidando do nosso futuro!".
É postura dos cristãos defender a vida, principalmente onde ela é mais ameaçada. E por isso, não podemos aceitar que tantas vidas se percam para a Pandemia da aids. Com isso, seguindo os ensinamentos de Jesus Cristo, queremos fazer memória em busca da atualização do mistério salvífico, anunciar o Reino e denunciar os sinais de morte presentes em nossas diversas realidades sociais. E assim, como sal da terra e luz do mundo, testemunhar que “O Espírito do Senhor está sobre mim, porque ele me ungiu para pregar boas novas aos pobres. Ele me enviou para proclamar liberdade aos presos e recuperação da vista aos cegos, para libertar os oprimidos” (Lc 4,18) e “curar os doentes” (Mc 6,13).
Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que desde o início da epidemia, em 1981, até os dias atuais, cerca de 35 milhões de pessoas morreram de aids. E segundo o Boletim Epidemiológico (BRASIL, 2017). Desde o início da epidemia de aids (1980) até 31 de dezembro de 2016, foram notificados no Brasil 316.088 óbitos tendo a HIV/aids como causa básica (CID10: B20 a B24).
Finalmente, o Memorial pede para trabalharmos juntos, agora mais do que nunca, para sustentar, fortalecer e revitalizar nossa resposta mundial ao HIV, olhando para frente e preparando nosso futuro livre do estigma e discriminação relacionados ao HIV e com acesso universal a toda a gama de direitos humanos, incluindo serviços de prevenção, tratamento e cuidados de qualidade para todos. E para que todos “tenham vida e vida em abundância” (Jo 10,10b).

FONTES:

BÍBLIA SAGRADA. 40a Edição. São Paulo: Ave Maria, 1982.

BRASIL, Ministério da Saúde. Boletim Epidemiológico. 2017. DISPONÍVEL EM: < http://www.aids.gov.br/pt-br/pub/2017/boletim-epidemiologico-hivaids-2017>. Acesso: 09 de maio de 2018.

CANDLE LIGTH MEMORIAL 2018. DISPONÍVEL EM: . Acesso: 09 de maio de 2018.

Autor: Equipe de Comunicação
  


 


 


 


 

 

Imprimir

 

 
    
 

Pastoral de DST/AIDS - CNBB® - Todos os direitos reservados - Simples.NET